Bloco Principal 4

Prefeitura já realizou mais de 300 cirurgias no programa João Pessoa Opera Mais

A Prefeitura de João Pessoa já realizou 367 cirurgias durante o primeiro mês do programa João Pessoa Opera Mais, lançado no final de janeiro pelo prefeito Cícero Lucena. O objetivo do programa é zerar a fila de procedimentos cirúrgicos e diagnósticos eletivos por meio da rede hospitalar do município.

Após 30 dias de sua cirurgia para a retirada da vesícula no Hospital Prontovida, a cabelereira Alecsandra França, que foi uma das primeiras pacientes contempladas pelo programa, contou que está feliz com o processo de recuperação. “Estou bem e até voltando a trabalhar aos poucos. Com 15 dias retornei ao hospital para retirar os pontos e até o momento não houve nenhum problema no meu pós operatório. Graças a Deus, fui muito bem assistida pelo médico e toda a equipe. Posso dizer que o Opera Mais funciona de verdade”, comemorou.

Dentro do programa estão sendo realizadas cirurgias gerais, ginecológicas e pediátricas. Entre os procedimentos estão: colecistectomia, histerectomia, hernioplastia incisional, hernioplastia inguinal, herniorrafias, postectomias, orquidopexias, hidroceles, hipospádias, criptorquidias, cistos, cisto tireoglosso e lipomas.

O secretário municipal de Saúde, Luis Ferreira, destacou a importância do programa. “Com o João Pessoa Opera Mais, estamos conseguindo dar um fim à espera de tantos pacientes que aguardavam ansiosamente por este momento para viver com mais tranquilidade. Todo esse trabalho foi planejado e está sendo executado por uma equipe qualificada e preparada para dar a assistência necessária aos nossos pacientes”, afirmou.

O João Pessoa Opera Mais deverá realizar oito mil procedimentos, sendo três mil cirurgias e cinco mil diagnósticos eletivos, nos hospitais da rede municipal de saúde, que estão recebendo, ao todo, um investimento de R$ 7 milhões, desde aquisição de equipamentos, insumos e requalificação dos blocos cirúrgicos.

Confira o planejamento e estrutura do Opera Mais

Quantidade de procedimentos cirúrgicos:

Hospital Municipal Santa Isabel – 1.100 cirurgias gerais
Prontovida – 1.000 cirurgias geral
Instituto Cândida Vargas – 700 cirurgias ginecológicas
Hospital Municipal do Valentina – 90 cirurgias pediátricas, 120 otorrino

Quantidade de procedimentos diagnósticos: Hospital Universitário Nova Esperança (Hune) – 3.000 colonoscopias, sendo 250 por mês; 2.000 endoscopias, sendo 167 por mês.

  • Texto: Thibério Rodrigues
    Edição: Andrea Alves
    Fotografia: Assessoria

  • Secretarias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
slot gacor hari ini
situs slot luar negeri