Bloco Principal 4

Adele é acusada de plagiar música brasileira e pode ser impedida de cantar hit

Um dos nomes mais populares da música mundial, Adele está sendo processada por supostamente plagiar uma música brasileira. No processo, que começou a tramitar no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ) nesta semana, o artista brasileiro Toninho Geraes acusa a cantora britânica de plagiar o sucesso “Mulheres”, que ficou famoso no Brasil na voz de Martinho da Vila.

De acordo com publicação do Jornal O Globo, Toninho Geraes afirma que Adele copiou características de “Mulheres”, que foi composta por ele em 1995, no sucesso “Million Years Ago”, presente no álbum “25”, lançado pela cantora em 2025. O processo começou a tramitar nesta semana, mas não é novo. Em setembro de 2021, o artista falou à Veja sobre o processo: “Fiquei estarrecido quando me dei conta. A melodia e a harmonia são iguais. É uma cópia escancarada”.

No processo, Toninho Geraes exige o pagamento de uma indenização de R$ 200 mil por danos morais e a inclusão de seu nome como um dos autores da faixa “Million Years Ago”. Além disso, o artista brasileiro pede que Adele que o sucesso de Adele seja retirado das plataformas de streaming e a cantora seja impedida de cantar a faixa em seus shows.

Faça a comparação de “Mulheres” e “Million Years Ago”:

“Mulheres” (Martinho da Vila):

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
slot gacor hari ini
situs slot luar negeri