Bloco DestaqueEconomia

Passagem aérea tem primeira queda no mês, após maior aumento em 12 anos

Após registar sequência de altas e aumento de 48,11% em 2023, o preço das passagens aéreas caiu em janeiro. A queda foi de 15,22%, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

O item tem maior impacto individual na inflação do mês, que ficou em 0,42%, de acordo com o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), divulgado nesta quinta-feira (8).

As viagens de avião atingiram em 2023 o maior aumento no ano desde 2011. Segundo analistas, o valor das passagens aéreas tem sofrido oscilações em decorrência de diversos fatores, como o preço do querosene de aviação e a taxa de câmbio, além da baixa oferta em um momento de alta demanda pelas férias e pelas temperaturas elevadas.

O setor aéreo brasileiro movimentou mais de 112 milhões de passageiros em 2023. Foi a primeira vez que os resultados do setor ultrapassaram 100 milhões de passageiros anuais desde o início da pandemia em 2020.
O setor teve um aumento de 15,3% em relação a 2022. O resultado ficou abaixo do registrado em 2019. O aeroporto de Guarulhos, na grande São Paulo, foi o que recebeu mais voos, com 14,7% de todo fluxo doméstico do país e 32% do internacional.Na sequência aparecem Congonhas, na capital paulista, e o aeroporto de Brasília. Os dados são do Ministério do Turismo e de Portos e Aeroportos.

R7

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
slot gacor hari ini
situs slot luar negeri