Bloco Principal 1Policial

Irmãos acusados de ‘enterrar’ mulher dentro de cama de concreto em Pedras de Fogo vão a júri popular

Dois irmãos, acusados de matar e ‘enterrar’ o corpo de Luydiana Jamelle Miranda Barreto em uma cama de cimento no bar em que trabalhava, no município de Pedras de Fogo, serão levados a júri popular. O crime aconteceu no dia 4 de outubro, quando a vítima desapareceu, e o corpo só foi encontrado uma semana depois. O julgamento do caso de feminicídio foi confirmado pelo Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB), nesta segunda-feira (1º).

O julgamento de Carlos Antônio da Silva e Sérgio Francisco da Silva está marcado para o dia 16 de maio e será presidido pela juíza titular Higyna Josita Simões de Almeida.

g1 não conseguiu localizar a defesa de Carlos Antônio da Silva e Sérgio Francisco da Silva.

De acordo com a denúncia, os irmãos espancaram a vítima e causaram lesões em várias partes do seu corpo, inclusive, na parte posterior da cabeça, o que tornou sua defesa impossível. A morte teria sido por asfixia mecânica, estrangulamento, conforme a certidão de óbito que consta nos autos do processo.

Os homens colocaram o corpo da vítima dentro de uma estrutura que servia como base de uma cama, concretaram com cimento e colocaram um colchão em cima. A corpo da vítima foi encontrado no dia 11 de outubro, dentro do bar em que ela trabalhava.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
slot gacor hari ini
situs slot luar negeri