Bloco Principal 4

Flamengo muda de estratégia, desiste de Jorge Jesus e anuncia acerto com outro Jorge, o Sampaoli

 

O Flamengo mudou de estratégia e intensificou as negociações para anunciar um acordo com o técnico Jorge Sampaoli. O argentino se tornou o foco principal após uma reunião na última sexta-feira e se apresentará ao clube rubro-negro neste fim de semana.

A reunião contou com a presença de Marcos Braz, vice-presidente de futebol, Bruno Spindel, diretor executivo, e Diogo Lemos, integrante do Conselho do Futebol. Depois do encontro, o clube anunciou oficialmente o acordo.

O treinador, que tratava da saída do Sevilla, deixará a Espanha no sábado rumo ao Rio de Janeiro. Sampaoli virou consenso entre os dirigentes rubro-negros após os resultados recentes e a incerteza sobre o futuro de Jorge Jesus.

A mudança na postura do Flamengo é uma consequência da espera por Jorge Jesus. Mesmo sem unanimidade interna, o clube deu uma semana para definir o futuro do Mister, prazo que dependia de uma avaliação de risco. Após a derrota para o Maringá, na última quinta-feira, pela Copa do Brasil, a diretoria decidiu seguir em frente.

Desde a demissão de Vítor Pereira, o Flamengo definiu dois focos: o sonho por Jorge Jesus e a chance factível de contratar Sampaoli. Pela idolatria, o português levou preferência inicialmente, mas o clube estava ciente da postura do treinador e da dificuldade em conciliar prazos.

Jorge Jesus tem contrato com o Fenerbahçe até o fim de maio, e nas primeiras conversas, o português não se mostrou solícito para abandonar o clube turco na reta final da temporada. A equipe está na briga pela copa e pelo campeonato nacionais. Pelo lado rubro-negro, a espera até junho sempre foi avaliada como improvável.

Por isso, o Fla fez a primeira proposta ao Mister, mas manteve a alternativa argentina no radar, com contatos iniciais. Na quinta-feira, vazou um áudio em que Jesus admitia o contato com a diretoria rubro-negra e dizia que pediu para o clube esperar o fim de seu contrato na Turquia.

Na Gávea, parte da ala política defendia desde o início da semana o avanço por Sampaoli como prioridade, até pelas condições. O treinador está livre no mercado, tem interesse em trabalhar no Brasil e já deu sinais de que aceitaria uma oferta rubro-negra.

Jorge Sampaoli é argentino e começou o sucesso no futebol no Chile, a partir de 2011, quando conquistou a Copa Sul-Americana com a Universidad do Chile – na campanha, eliminou o Flamengo nas oitavas de final com direito a uma goleada por 4 a 0 no Rio de Janeiro.

No Flamengo, o treinador é credenciado pelo estilo de jogo, a experiência no futebol brasileiro e o entusiasmo do presidente Rodolfo Landim. Em 2019, no comando do Santos, ele foi o maior desafiante do Flamengo de Jorge Jesus.

PBAGORA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
slot gacor hari ini
situs slot luar negeri