Bloco Destaque 1Bloco Principal 1

Entenda os atritos entre Janja e Whindersson Nunes por conta do cavalo Caramelo

Whindersson Nunes e a primeira-dama, Janja da Silva, trocaram farpas em uma rede social, após o influenciador debochar das publicações que a socióloga fez em sobre a mobilização para resgatar o cavalo Caramelo, que estava ilhado em cima de um telhado na cidade de Canoas, no Rio Grande do Sul.

Na publicação, Janja se mostrou feliz em saber que o animal tinha sido salvo, após ficar ilhado na enchente e imóvel em cima de um telhado: “Muito emocionada! Desde às 6h da manhã estamos mobilizados e conseguimos salvar o cavalo Caramelo!”, escreveu.

Contudo, Whindersson comentou a publicação em tom de deboche, como se o esforço da primeira-dama tivesse sido mínimo. Para dizer isso, ele publicou uma foto da influenciadora Jade Picon lavando roupa na beira de um rio, em uma cena da novela Travessia. No entanto, a comparação não pegou bem.

Não demorou e Janja escreveu: “Ele não sabe que já inventaram máquina de lavar roupa faz tempo, que libera o tempo da mulher fazer e estar onde quiser”, escreveu a primeira-dama. Contudo, o artista rebateu, explicando o que quis dizer com a publicação:

“A comicidade no tweet. É uma pessoa conhecida [Jade] por ter uma vida confortável, fazendo um trabalho mais pesado”, explica. “Como no caso de você estar seco e confortável, e fazer um circo da comoção do resgate de um cavalo, que é ótimo, mas não deixa de ter muito mais trabalho a fazer do que a mídia em cima disso. Não tem nada de misógino nisso”, complementa o humorista.

Além de Janja, vários internautas não entenderam o deboche de Whindersson:

“Essa atitude do Whindersson Nunes desmoraliza um trabalho importantíssimo que tá sendo feito”, disse um. “O que você queria, Whindersson? Que a Janja fosse resgatar o cavalo, sendo que ela não é bombeira e nem veterinária para ajudar no resgate de um cavalo?”, questionou outra. “Vamos valorizar quem está se esforçando para fazer o bem”, disse mais um.

Houve até quem acusasse o humorista de misoginia: “Incomoda ver uma mulher numa posição de atuação e não de acessório e subserviência? Estava bom demais para ser verdade, mas tinha que mostrar as garrinhas da misoginia. Pode ser bonzinho e engraçadinho o que for, o homem sempre vai se sentir na liberdade e necessidade de atacar”, acusou mais uma.

O humorista precisou se explicar mais uma vez: “Esse tweet não faz alusão a trabalhos domésticos. Faz alusão a fazer muito enxame para uma coisa. Sobre botar a mão na massa em algo e fazer o meio auê. Dizendo para efeito de informação”.

 

PARAÍBA.CPOM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
slot gacor hari ini
situs slot luar negeri