Bloco Principal 1Brasil

Alckmin diz que responsabilidade fiscal é dever de todos e defende ‘diálogo permanente’

O vice-presidente, Geraldo Alckmin (PSB), pediu diálogo e responsabilidade fiscal ao comentar sobre os atritos recentes com o Congresso Nacional. A declaração foi dada neste domingo (28), durante a participação de Alckmin na cerimônia de abertura da Agrishow, maior feita de tecnologia agrícola, em Ribeirão Preto (SP).

Durante a semana, o governo desgastou a relação com o presidente do Senado Federal, Rodrigo Pacheco (PSD), ao judicializar a desoneração da folha de pagamentos de 17 setores da economia.

Neste sábado (27), Pacheco afirmou, em nota, que o governo não deve “exigir do Parlamento adesão integral ao que pensa o Executivo”. A afirmação foi uma resposta a uma declaração do ministro da Fazenda, Fernando Haddad, que disse que o Congresso também precisa ter responsabilidade fiscal.

Na segunda-feira (22), Lula chegou a cobrar do vice-presidente, que também é ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, mais capacidade de articulação junto ao Legislativo para aprovação de projetos de interesse do governo.

Críticas

 

Em entrevista ao jornal Folha de São Paulo, Haddad afirmou que projetos enviados pelo governo para ajustar as contas públicas foram desidratados pelo Congresso, e que o Legislativo também precisa cumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal.

Entre as decisões tomadas pelos parlamentares criticadas pelo ministro da Fazenda na entrevista estão as prorrogações do Programa Emergencial para Setores de Eventos (Perse), que deu isenções a empresas desse ramo e da desoneração da folha de pagamento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
slot gacor hari ini
situs slot luar negeri