Bloco Principal

Temporais no RS: Climatempo alerta para ‘perigo extremo de tempestades’ no Sul do estado; pessoas são retiradas de casa

A instabilidade climática que causou os temporais que castigam o Rio Grande do Sul há mais de uma semana se movimenta em direção ao Sul do estado. Por essa razão, a Climatempo alerta para “perigo extremos de tempestades” nos municípios dessas regiões.

O alerta motivou parte da população de algumas cidades a sair de casa e as prefeituras a adotar medidas de segurança, como bloquear ruas, estradas, e cancelar aulas. Veja mais abaixo.

Alagamento causado pela Lagoa dos Patos em Pelotas — Foto: Isa Severo/RBS TV

Alagamento causado pela Lagoa dos Patos em Pelotas — Foto: Isa Severo/RBS TV

De acordo com a Climatempo, nesta terça-feira (7), a frente fria responsável pelos temporais da semana passada se afasta para o oceano, mas tempestades devem se formar por conta de uma área de umidade que vem da Amazônia e de um sistema de baixa pressão sobre o Paraguai.

“Alerta para perigo extremo no Sul gaúcho, onde as tempestades vêm a qualquer momento. Na Campanha e Oeste, o alerta é para chuva a qualquer hora podendo ser de forte intensidade. Nas Missões, Centro, Norte, Serra e Vales, o predomínio é de tempo firme e sem chuva”, explica Patrícia Cassoli, da Climatempo.

Já na quarta (8), uma segunda frente fria que se forma na Argentina deve se deslocar para alto mar, causando chuva em todo o território do RS.

“A situação é delicada no extremo sul do estado devido ao tempo instável do começo da semana somado a mais entrada de umidade. Porém, ainda temos atenção para Serra, Litoral Norte e Grande Porto Alegre devido ao aumento na condição de pancadas fortes somado ao cenário de chuva extrema da última semana”, diz Patrícia.

A expectativa é de que haja chuva e rajadas de vento que podem chegar a 90 km/h.

Lagoa dos Patos transborda e alaga Praia do Laranjal em Pelotas — Foto: Isa Severo/RBS TV

Lagoa dos Patos transborda e alaga Praia do Laranjal em Pelotas — Foto: Isa Severo/RBS TV

Quinta-feira

 

A tendência é que o tempo firme na quinta-feira (9). Uma área de alta pressão deve inibir a formação de nuvens carregadas sobre o Sul, Centro e Fronteira Oeste. Nessas regiões, o sol aparece com pouca nebulosidade.

O problema é o frio. Na Serra, as mínimas podem chegar a 7ºC. Na sexta, 8. As máximas no estado variam de 16ºC e 24ºC nesses dois dias.

A previsão do tempo indica que as Regiões Norte e da Serra vão seguir “em situação delicada“, com chances de chuva a qualquer hora do dia. Na Região Metropolitana de Porto Alegre, a chuva ocorre pela manhã e, depois, o sol aparece de tarde, parando de chover até a noite.

Sexta-feira

 

Na sexta-feira (10), a chuva deve se espalhar por todo o Rio Grande do Sul. Nas regiões Oeste, Norte e Central, o sol aparece entre muitas nuvens e chove a qualquer momento, assim como na Região Metropolitana de Porto Alegre. A chuva é mais isolada nas regiões da Campanha, Sul e Norte do estado.

Situação nos municípios

 

  • Cerca de 600 pessoas foram retiradas de casa, a maior parte da colônia de pescadores Z-3
  • Cerca de 100 pessoas recebem acolhimento em abrigos improvisados em igrejas, escolas e clubes
  • Cerca de 400 pessoas estão em casas de parentes
  • Universidades cancelaram aulas
  • Estrada que liga a Colônia Z-3 à Praia do Laranjal está alagada

Rio Grande

  • Cerca de 100 pessoas estão fora de casa
  • Aulas nas escolas municipais foram canceladas
  • Autoridades em segurança atuam nas regiões das Ilhas, Torotoma, Marinhos e Leonídio
  • Ruas do Centro Histórico estão alagadas
  • Houve o resgate de 47 animais também foram resgatados

 

  • Prefeitura orientou população que reside às margens da Lagoa dos Patos a deixar suas casas
  • Ruas próximas à hidroviária da cidade estão alagadas

 

  • Cerca de 40 idosos foram resgatados de um lar próximo à Lagoa dos Patos
  • Cerca de 30 pessoas recebem acolhimento em um abrigo da cidade
  • Ruas da cidade enfrentam bloqueios por conta de alagamentos

 

Praia do Laranjal, em Pelotas, alagada após Lagoa dos Patos transbordar — Foto: Isa Severo/RBS TV

Praia do Laranjal, em Pelotas, alagada após Lagoa dos Patos transbordar — Foto: Isa Severo/RBS TV

G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
slot gacor hari ini
situs slot luar negeri