Bloco Principal 1Policial

Sargento é preso acusado de matar esposa e jogar corpo da vítima em açude

Uma operação conjunta das polícias Civil e Militar prendeu, nesta terça-feira (28), o sargento da Polícia Militar, Antônio Abrantes, suspeito de matar a própria esposa, a professora Honorina de Oliveira Costa, 43 anos, em novembro do ano passado, em Cuité. Ele ficará preso por um período de 30 dias, para que as investigações possam se aprofundar ainda mais no caso.

Ao Portal MaisPB, o delegado Rodrigo Monteiro revelou que o suspeito será levado para a Central de Polícia de Campina Grande, onde será ouvido pelos agentes. No dia 2 de novembro de 2022, a professora tinha sido dada como desparecida. No sábado, dia 5, Antônio encontrou o corpo da esposa no Açude do Cais, em avançado estado de decomposição.

As primeiras investigações concluíram que foi o próprio Antônio que a matou. No momento em que o cadáver foi encontrado, as mãos e as pernas estavam amarradas e havia sinais de violência. O andamento do inquérito seguirá com a Polícia Civil, que tem previsão de interrogar o suspeito ainda nesta terça-feira.

MaisPB

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
slot gacor hari ini
situs slot luar negeri