Bloco Principal 4

OSPB nos Bairros: Orquestra Sinfônica da Paraíba apresenta concerto na Igreja São Gonçalo, na Torre

A Igreja São Gonçalo, no bairro da Torre, vai receber o Projeto OSPB nos Bairros na quinta-feira, 11 de abril, às 20h, com concerto da Orquestra Sinfônica da Paraíba, executando músicas eruditas e populares. A regência é do maestro titular da OSPB, Gustavo de Paco de Gea, e a entrada é gratuita.

Os moradores da Torre e bairros vizinhos que nunca viram uma apresentação de orquestra vão ter a oportunidade de conferir um concerto de perto. Os músicos da OSPB vão iniciar com a execução do 1º movimento da “Serenata nº 13 para Cordas em Sol Maior”, de um dos compositores eruditos mais conhecidos do mundo, o austríaco Wolfgang Amadeus Mozart.  O concerto segue com o 2º movimento da “Suite Peer Gynt (Aase’s Death)”, do norueguês Edvard Grieg.

Na sequência, virão duas músicas nordestinas: “Terno de Pifes”, do compositor, pianista e regente pernambucano Clóvis Pereira, e “Galope de Cavalhada”, do compositor e flautista, também de Pernambuco, José Tavares de Amorim.

A música erudita volta ao concerto com composições do russo P. Tchaikovsky, “Valsa das Flores” e “O Lago dos Cisnes”, seguidas pelo 3º movimento (Menuetto) da “Sinfonia nº 40”, de Mozart, e “Contos dos Bosques de Viena”, do compositor austríaco Johann Strauss.

Para encerrar o concerto, mais música brasileira: “O Trenzinho do Caipira (das Bachianas Brasileiras nº 2)”, do carioca Heitor Villa-Lobos, e “Boi Bumbá (3º movimento da Suite Monette)”, do compositor pernambucano Maestro Duda.

O concerto da OSPB vai abrir as atividades de comemoração dos 90 anos da Igreja São Gonçalo, que acontecem de 11 a 15 de abril. O vigário paroquial da Área Pastoral de São Gonçalo, padre Carlos Alberto, disse que acredita ser essa a primeira vez que a igreja recebe uma orquestra sinfônica. “Estamos animados com esse concerto. O objetivo é celebrar a data e apresentar algo de erudito para nossa comunidade’, afirmou.

O projeto OSPB nos Bairros foi criado com o objetivo de alcançar um público fora das salas de concerto, com apresentações da Orquestra Sinfônica da Paraíba e Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba em várias localidades da capital e em outras cidades do Estado. As igrejas são os espaços populares escolhidos para sediar esses concertos.

“É um projeto de extrema importância, não só para os músicos, para poder acercar-se aos bairros de João Pessoa, mas também para o público ter a oportunidade de apreciar música com tratamento sinfônico”, disse o maestro Gustavo de Paco.

“Isso é possível sempre graças à colaboração da Arquidiocese da Paraíba, que nos permite utilizar o espaço físico que nos brindam as igrejas. As igrejas são verdadeiros palcos neste caso, porque além de ter um espaço maravilhoso e elas se encontrarem sempre nas cercanias do povo, também têm um tratamento acústico natural que permite que a gente toque, às vezes, até mais à vontade que na nossa própria sala de concertos”, comentou.

O maestro falou também sobre as apresentações do ano passado nas igrejas. “Houve troca de comunicações entre o público e os músicos. Isso possibilitou sentir uma grande felicidade em todos os músicos e a satisfação de saber que estamos no caminho certo, de voltar para casa com a certeza do dever cumprido, o dever de levar a boa música sinfônica para os bairros de João Pessoa”.

Ele explicou que os concertos nas igrejas têm um formato predeterminado de dez músicas passando por diferentes estilos. “As primeiras músicas utilizando só o naipe das cordas, músicas de diferentes épocas, de maneira que seria como uma espécie de uma viagem musical no tempo e em diferentes lugares. Tem também músicas nordestinas no estilo armorial, músicas de filmes e músicas sinfônicas de caráter sinfônico com orquestra completa. As últimas duas músicas sempre fazemos repertório brasileiro, que deixa o público e os músicos bem animados”.

“Todo mundo que estiver por perto do bairro da Torre pode ir para a sua igreja que vai ter seguramente um bom espetáculo de graça, absolutamente gratuito, e vamos fazer uma noite inesquecível”, convidou o maestro Paco.

O regente

Natural de Buenos Aires, Argentina, Gustavo de Paco de Gea graduou-se pelo Conservatório Juan José Castro. Após trabalhar alguns anos como docente e flautista nas orquestras argentinas, foi convidado pela Universidade Federal da Paraíba para ser professor do Curso Superior e de Extensão de Flauta, onde ensina até hoje.

Trabalhando na UFPB desde 1978, foi membro fundador do Quinteto Latinoamericano de Sopros, apresentando-se em todo o país e no exterior com esse grupo camerístico. É também membro fundador e primeiro flautista da Orquestra Sinfônica da Paraíba desde 1980.

Desde 1985, é primeiro flautista da Orquestra Sinfônica do Recife (PE), desenvolvendo intenso trabalho na área da música sinfônica também em outras orquestras do país. Detentor de vários prêmios nacionais e internacionais, Gustavo de Paco de Gea tem se apresentado nos mais importantes festivais do Brasil.

Foi professor de flauta convidado no Centro de Criatividade Musical de Recife, em 1996 e 1997, e assumiu nesse ano a preparação dos sopros na Orquestra Infantil do Estado da Paraíba. É regente de orquestra desde 2001, ano em que criou a Orquestra de Câmara Municipal de João Pessoa, envolvendo jovens talentosos da região. Nesse organismo, foi diretor artístico e regente titular até 2010.

Em 2012 foi nomeado maestro e diretor artístico da Orquestra Criança Cidadã, em Recife, e, no ano seguinte, foi designado para reger o Concerto de Estreia da Orquestra Sinfônica da Universidade Federal da Paraíba (OSUFPB), regendo desde então recorrentemente esse organismo como maestro convidado. Em 2014, aceitou o convite da Prefeitura de João Pessoa para ser maestro assistente da nova Orquestra Sinfônica Municipal, onde permaneceu até 2018. Atualmente, o maestro Gustavo de Paco de Gea é o regente titular da Orquestra Sinfônica da Paraíba.

 SERVIÇO

Projeto OSPB nos Bairros

Concerto da Orquestra Sinfônica da Paraíba

Regência: Maestro Gustavo de Paco de Gea

Dia: 11 de abril (quinta-feira)

Hora: 20h

Local: Paróquia São Gonçalo, Praça Tiradentes, 96, Torre, João Pessoa

Ingresso: Gratuito

 

PARAÍBA.COM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
slot gacor hari ini
situs slot luar negeri