Bloco Principal

Opera Paraíba ganha destaque em evento nacional de auditoria do SUS pelo grau de satisfação dos usuários do programa

O Programa Opera Paraíba, ação do Governo do Estado que facilita o acesso da população aos procedimentos cirúrgicos, está ganhando destaque na 1ª Mostra Nacional de Experiências Exitosas em Auditoria do SUS, que ocorre dentro do Encontro Nacional dos Auditores (Enaud) do Sistema Nacional de Auditoria 2024, em Brasília (DF). O programa paraibano, executado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), foi selecionado mediante concurso promovido pelo Departamento Nacional de Auditoria do SUS (DenaSUS), que atestou o grau de satisfação –  com um alcance de 98% – dos seus usuários. O evento começou nessa segunda-feira (22) e vai até esta quinta-feira (25).

O programa Opera Paraíba foi instituído com o propósito de reduzir a fila de espera histórica que existia na Paraíba das pessoas que precisavam de algum tipo de cirurgia. Sensível com essa situação, a gestão estadual do SUS pensou na melhor solução e ampliou a assistência para todo território paraibano, sendo o Estado que mais investe na atenção e assistência, com serviços próprios. Nesse contexto, o impacto na vida dos paraibanos foi constatado com a redução das filas de espera, mudança na rotina das pessoas e melhor qualidade de vida.

A equipe da SES na 1ª Mostra Nacional de Experiências Exitosas em Auditoria do SUS é representada por três técnicos que estão no evento para discutir temas relevantes ao processo de trabalho em auditoria e apresentação das experiências exitosas selecionadas no concurso. Destaca-se que o trabalho selecionado segue com a proposta de apoio e respostas à gestão e aos usuários, com o propósito de contribuir para a qualidade da atenção disponibilizada à população da Paraíba, por meio do Opera Paraíba, como iniciativa inovadora e revolucionária de assistência à saúde promovida pela SES.

A auditoria realizada pela SES detectou que 98% dos usuários entrevistados, seja nos hospitais (beira-leito, pós-cirurgia, por ocasião da alta hospitalar), residências (pós-cirurgia), presencialmente ou através de chamadas telefônicas, estão satisfeitos com o atendimento. O trabalho selecionado para a mostra recebeu o título “Contribuição da equipe de Auditoria da SES/PB no processo de organização, programação, execução e monitoramento das ações para redução das filas de cirurgias eletivas no estado da Paraíba”.

A Gerência Operacional de Auditoria (GOAUD) do SUS na Paraíba recebeu a missão de executar esse acompanhamento conduzido pela Gerência Executiva de Regulação e Avaliação da Assistência (GERAV) e iniciou uma verificação junto aos usuários atendidos para identificar a visão que eles têm do programa.

De acordo com a coordenadora da Gerência Operacional de Auditoria, Maria do Desterro Catão, a avaliação alcançou todas as unidades da rede estadual e, através dos consolidados semanais, foi possível obter quase a totalidade dos usuários satisfeitos. “O Opera Paraíba é exemplo, é resposta, é gestão com resultados. Estamos representando a SES no evento com muito orgulho e coração grato por saber que nosso trabalho tem reconhecimento merecido e que estamos contribuindo para gestão do SUS no nosso estado. A Paraíba segue promovendo qualidade de vida para todos os paraibanos. O mérito não é apenas nosso, mas de uma equipe comprometida e um Estado sensível que acredita e investe na saúde”, explicou.

Os relatórios das avaliações são atualizados semanalmente e as equipes das unidades hospitalares executantes dos procedimentos cirúrgicos foram treinadas pela equipe de Auditoria da SES para manter o processo sempre atualizado e uniformizado para todos, assim têm-se um resultado que reflete a informação fiel e em tempo real.

Para a gerente executiva de Regulação e Avaliação da Assistência da SES, Lidiane Cassimiro, o propósito é a manutenção da qualidade desses serviços, para isso foi instituído um processo de acompanhamento, monitoramento e avaliação desse trabalho. “O principal objetivo do instrumento é reconhecermos as fragilidades e potencialidades nas ações do Opera Paraíba, para tornar possível o aprimoramento da atenção integrada que é desde a indicação até a execução da cirurgia. Esse monitoramento é fundamental para garantir um processo eficiente e seguro. Ou seja, é um instrumento que possibilita minimizar os riscos, melhorar os resultados e proporcionar uma experiência mais satisfatória para os usuários do Sistema Único de Saúde”, destacou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
slot gacor hari ini
situs slot luar negeri