Bloco PrincipalCotidiano

Morre dona Celeste, mãe de Pelé, aos 101 anos, em Santos

Celeste Arantes do Nascimento, mãe de Pelé, morreu nesta sexta-feira (21), aos 101 anos. A informação foi confirmada por meio das redes sociais por uma de suas netas, Kelly Arantes do Nascimento, filha do Rei do Futebol. Ela estava internada no Hospital SerPiero, no bairro de Vila Mathias, em Santos.

Dona Celeste vai ser enterrada no Memorial Necrópole Ecumênica, mesmo local onde está o Mausoléu do Pelé. As datas de velório e enterro não foram confirmadas pela família.

Nascida em 20 de novembro de 1922, na cidade de Três Corações, Dona Celeste tinha 17 anos em 23 de outubro de 1940, quando deu à luz o filho mais velho, que se tornaria o melhor jogador de futebol da história, com 1.283 gols (nas contas dele) e o inédito feito de três Copas do Mundo conquistadas.

Casada com João Ramos do Nascimento, o Dondinho, aos 16 anos, ela teve depois Jair (Zoca), que morreu em 2020 de câncer, a mesma doença que matou o Rei no dia 29 de dezembro de 2022, e Maria Lúcia, com quem morava, em Santos. Dona Celeste sempre se dedicou a cuidar de seus três filhos.

Inicialmente, Dona Celestes queria que Pelé seguisse na carreira na aviação devido à instabilidade financeira associada ao futebol na época, mas acabou apoiando os sonhos e sucessos de seu filho

Um dos momentos mais emocionantes do cortejo fúnebre de Pelé, realizado no dia 3 de janeiro do ano passado, pelas ruas de Santos foi quando o caixão de craque passou na frente da casa dela. Na época, familiares afirmaram que ela não sabia da perda do filho. Mas os fãs de Pelé fizeram questão de celebrar o momento.

 

R7

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
slot gacor hari ini
situs slot luar negeri