Bloco DestaqueParaiba

Ministra autoriza doação de imóveis e amplia parceria para melhorias na Paraíba

A ministra da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI), Esther Dweck, autorizou, na manhã desta terça-feira (02), a execução do Programa Imóvel da Gente na Paraíba. A solenidade aconteceu no Teatro Paulo Pontes, em João Pessoa, e contou com a presença do governador João Azevêdo (PSB).

O Programa Imóvel da Gente é voltado para a destinação estratégica de imóveis da União para políticas públicas prioritárias, considerando a função social e ambiental, com diálogo federativo e com a sociedade, em benefício da população.

As ações e áreas da União que serão cedidas à Paraíba são:

– Obras para melhoria no acesso a praias de Cabedelo e João Pessoa;

– Estádio de futebol Francisco Figueiredo de Lima (Cabedelo /PB);

– Hospital Regional Santa Filomena (Monteiro/PB);

– Cessão do edifício do Ipase para a entidade União por Moradia Popular da Paraíba, no Minha Casa Minha Vida, beneficiando 50 famílias;

– Destinação de terreno para a entidade União Campinense das Equipes Sociais, no Minha Casa Minha Vida – Parcerias, beneficiando 40 famílias.

A parceria em inovação inclui a implementação de soluções tecnológicas, apoio técnico e cursos da Enap nas áreas de licitações e contratos, orçamento e finanças, transformação digital. O objetivo é tornar o relacionamento e o uso das soluções mais efetivos, gerando economia de recursos e maior eficiência para o estado e para o cidadão.

Na coletiva, a Ministra apontou as ações planejadas para o Centro Histórico de João Pessoa. “Quando ele (Lula) pediu para que a gente construísse o Imóvel da Gente, esse programa de destinação, a preocupação dele era justamente com a restauração dos centros históricos, dos centros das cidades. João Pessoa tem o centro histórico mais lindo do Brasil e pode ter gente morando. Ter esse processo de habitação e interesse social pra gente é nossa grande estrela aqui, gostaria de agradecer mais uma vez a parceria com as entidades”, lembrou.

Durante o discurso, o governador João Azevêdo destacou o potencial da região Nordeste e a discussão de políticas públicas com o Governo Federal.

“Em 2023 eu era presidente do consórcio do nordeste e na primeira semana que Lula assumiu o governo, me surpreendi porque recebi um convite para despachar com ele. Ele pediu que levasse quais eram as demandas do nordeste, quais eram as demandas individuais de cada estado (…) Passei quatro anos sem ter um despacho com o presidente anterior, que criou durante todo tempo uma disputa de cabo de guerra entre estados e Governo Federal, nós vivemos em um pais que tem abertura, temos que poder chegar em Brasília e sentar com qualquer ministro para discutir políticas públicas”, afirmou.

“O Nordeste é a solução para esse país, é a região que vai puxar o desenvolvimento. Isso é dito por todos os economistas, a região da inovação, das energias renováveis, do combustível do futuro. É uma região que tem todas as possibilidades para ser explorada ainda. Quando o mundo entender que a porta de entrada do Brasil é o Nordeste, tudo vai ficar mais fácil”, finalizou João Azevêdo.

MaisPB

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
slot gacor hari ini
situs slot luar negeri