Bloco Principal

Lula deve lançar programa para transferir dinheiro aos afetados pela cheia no RS

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) deve anunciar, na próxima terça-feira (14), um programa para transferir dinheiro diretamente para as pessoas atingidas pela tragédia no Rio Grande do Sul. A informação foi revelada pelo ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social, Paulo Pimenta (PT), em entrevista ao Brasil Urgente que foi ao ar nesta sexta-feira (10).

“Nós queremos lançar, o presidente Lula, um programa, na terça-feira (14), para transferência direto para as pessoas que foram atingidas”, disse Pimenta.

Na última quinta-feira (9), o governo federal lançou um pacote com 12 medidas em ajuda ao Rio Grande do Sul, com custo de quase R$ 51 bilhões. Entre as ações, está a liberação de crédito mais barato, que totaliza R$ 40 bilhões, dinheiro que beneficiará, sobretudo, pessoas jurídicas.

Por conta disso, explicou Pimenta, o governo federal quer lançar uma medida de transferência de renda diretamente nas contas dos cidadãos gaúchos.

O que nós precisamos é botar o dinheiro na mão do povo. O Congresso é fundamental para isso. Tanto os deputados como os senadores terão que nos ajudar a encontrar uma forma de esse recurso chegar às pessoas (ministro Paulo Pimenta)

Segundo Pimenta, na segunda-feira (13), o governador Eduardo Leite (PSDB) deve se reunir com o ministro da Fazenda, Fernando Haddad (PT), em Brasília, para discutirem a situação da dívida do Rio Grande do Sul com a União. Esta é uma das reivindicações da administração do Rio Grande do Sul para reconstruir o estado.

Fortes chuvas devem atingir o RS

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) prevê chuvas fortes no estado a partir desta sexta-feira (9). A expectativa é de que se prolongue até o domingo (12), com maior intensidade entre o centro-norte e leste do Rio Grande do Sul.

Pacote de R$ 51 bilhões

Na última quinta-feira (9), o governador Eduardo Leite divulgou um cálculo de R$ 19 bilhões para reconstruir o Rio Grande do Sul. Também ontem, o governo federal anunciou um pacote com 12 medidas para o estado. O custo das ações, entre antecipação do Bolsa Família e crédito mais barato, se aproxima dos R$ 51 bilhões.

Outras medidas de ajuda ao Rio Grande do Sul ainda são estudadas pelo Palácio do Planalto. Uma delas é a suspensão da dívida do estado com a União, o que permitirá que o governo gaúcho faça obras de recuperação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
slot gacor hari ini
situs slot luar negeri