Bloco Principal 1

Homem decapita o pai e assume crime em vídeo compartilhado no YouTube

Um homem de 33 anos, da Pensilvânia, EUA, foi preso depois de, supostamente, ter compartilhado um vídeo no YouTube em que surgia exibindo a cabeça decapitada do seu pai. O vídeo já foi eliminado.

A polícia encontrou o corpo decapitado na terça-feira em Middletown Township após receber um alerta para uma morte, pelas 19 horas desse dia. O corpo do homem foi encontrado no banheiro da residência.

O suspeito do crime foi preso em outra localidade, bem distante da casa onde vivia. Trata-se do filho mais novo da vítima.

“Ele está agora no inferno para toda a eternidade como traidor do seu país”, disse o homem, que se identifica como Justin Mohn, antes de se lançar num discurso perturbado contra o governo.

A vítima, de 68 anos, seria um funcionário federal.

Nas imagens, entretanto eliminadas, o suspeito afirma ser o comandante da rede de milícias dos Estados Unidos, ao mesmo tempo que se insurge contra os migrantes, a administração Biden, a comunidade LGBTQIA+, o ‘Black Lives Matter’ e as “turbas de extrema-esquerda” – apelando ao massacre e à execução pública de agentes do FBI, funcionários do IRS, US Marshals, juízes federais, agentes de controlo das fronteiras e outros “por traírem o seu país”.

www.noticiasaominuto.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
slot gacor hari ini
situs slot luar negeri