Bloco PrincipalParaiba

Ferrovia que conecta a Paraíba com seis estados do Nordeste, pode ser reativada

A discussão sobre a reativação da Estação Ferroviária Mossoró-Sousa, desativada na década de 80, ganhou força nos últimos dias. O Governo do Rio Grande do Norte está buscando um investimento de R$ 921 milhões para reativar o trecho que em cerca de 350km de extensão.

O principal o objetivo é utilizar a ferrovia como rota de escoamento produtivo e transporte de passageiros. Com isso, os estados do Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Ceará, Piauí e Maranhão estariam conectados.

De acordo com a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico potiguar (Sedec), a ferrovia poderá criar uma ponte mais rápida de escoamento da produção, como sal, frutas, setor de petróleo e gás, e componentes da energia eólica, além de conexão direta com o agronegócio e a pecuária do País.

A rota passaria pelas cidades de Grossos e Mossoró-RN, Sousa-PB, Missão Velha-CE, Salgueiro-PE e Eliseu Martins-PI. A região é conhecida pela produção de grãos e também é muito forte na pecuária.

Entenda a proposta

De acordo com a proposta, ao chegar em Sousa-PB, a via seria movida no sentido sudoeste para alcançar o entorno de Missão Velha, no Ceará, de onde poderá se ligar à Transnordestina, entre o Porto de Pecém e o cerrado do Piauí.

Com isso, a malha ferroviária poderá alcançar a região conhecida como ‘Matopiba’ formada por territórios de Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia.

No entanto, como o assunto ainda está sendo discutido, ainda não há prazos definidos para o início da reativação.

 

Portal Correio

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
slot gacor hari ini
situs slot luar negeri