Bloco PrincipalPolicial

Envolvido no caso das joias pede demissão da Receita Federal

O auditor Julio Cesar Vieira Gomes, chefe da Receita Federal no governo Jair Bolsonaro, pediu demissão da carreira. O funcionário público está envolvido no caso das joias de luxo que uma comitiva do governo trouxe ao Brasil.

O pedido de demissão consta em portaria do Diário Oficial da União publicada nesta 2ª feira (10.abr.2023). O documento foi assinado pelo superintendente do Fisco no Rio, Claudiney Cubeiro dos Santos.

A exoneração, nome dado aos funcionários públicos que pedem para sair do cargo, começou a ser contada a partir de 4 de abril. Eis a íntegra (46 KB).

Segundo o G1, Vieira Gomes atuou, sem sucesso, no final do ano passado para liberar os itens apreendidos pelos fiscais no Aeroporto de Guarulhos, como colar, brincos, relógio e anel da marca Chopard. Os itens são avaliados em mais de R$ 16 milhões.

Na reta final do governo, a gestão Bolsonaro nomeou Vieira Gomes para o recém-criado cargo de adido tributário em Paris. O posto foi extinto quando Fernando Haddad assumiu o Ministério da Fazenda, já no governo Lula.

PODER360

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
slot gacor hari ini
situs slot luar negeri