Bloco PrincipalBrasil

Comportas fechadas e aulas suspensas: Melo anuncia medidas ante acumulo de chuvas

Após horas do ínicio dos novos alagamentos em Porto Alegre e uma chuva forte e incessante, o prefeito de Porto Alegre, Sebastião Melo (MDB), anunciou duas medidas emergenciais: a suspensão das aulas na rede pública e privada e o fechamento de comportas nesta quinta-feira.

Esta segunda medida deverá ocorrer em função das chuvas que caem no interior do Estado e provocam cheias nos rios que desembocam no Guaíba, podendo ocasionar em novas elevações no lago que, segundo Melo, podem chegar de 40cm a 60cm. Apesar disso, o prefeito e o diretor do DMAE (Departamento de Água e Esgoto), Maurício Loss, garantem que, até o momento, a abertura das comportas vem sendo uma medida certeira, uma vez que estão ajudando no escoamento da água. Atualmente, cinco comportas estão abertas: a de número 3, rente a avenida Mauá, além da 11, 12, 13 e 14, que percorrem a av. Castelo Branco. Todas serão fechadas ao longo do dia.

Por ora, o corredor humanitário – caminho provisório e emergencial feito para facilitar a entrada e saída da Capital – segue operando, apesar dos buracos na pista. Apesar disso, não é descartado o fechamento da via que cruza a rodoviária.

Os altos níveis pluviais eram previstos e a prefeitura estava ciente, garantiu Melo, mas o volume em pouco tempo foi deveras expressivo, o que explicaria parte dos problemas que a cidade vem sofrendo nas últimas horas. Funcionando de forma parcial desde as enchentes do início do mês, a chuva expressiva resultou num sistema de drenagem “extremamente sobrecarregado”, afirmou Loss.

Além disso, as enchentes também resultaram um acumulo demasiado do lixo nos nas redes de drenagem, que impedem a filtragem do lixo e, consequentemente, o escoamento da água. O prefeito afirma que o sistema apresenta falhas que “foram potencializadas pela chuvarada”, mas Loss é enfático ao garantir que não há um colapso no mesmo. Segundo o prefeito os trabalhos para estabelecer o retorno do funcionamento das CBs de forma plena voltarão assim que o tempo dê uma trégua.

Pouco específicos quanto as causas dos novos alagamentos, ainda que assumindo ocorrer um problema no funcionamento do sistema de drenagem, Melo destacou que não há “casa de bombas” nos arroios que desaguam no Guaíba e que seguem subindo, o que, junto de um sistema que já não está em total funcionamento, deve ser levados em consideração na avaliação do porque áreas que antes não tinham sido atingidas agora apresentam alagamentos.

Não há previsão, contudo, de outras medidas para escoamento emergencial das águas. O prefeito está confiante na previsão do tempo que prevê que a chuva prevista para amanhã será “uma garoa” e o vento, que deve ser forte, também poderá ajudar.

 

Correio do Povo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
slot gacor hari ini
situs slot luar negeri