Bloco Principal 2

Braiscompany alega não ter dinheiro e pede gratuidade de custas à Justiça após ser alvo de mais de 3,5 mil processos

 

Investigada por calote que deve ultrapassar R$ 500 milhões, a Braiscompany vem sendo processada por mais de 3,5 mil clientes apenas na Justiça paraibana. A empresa vem recorrendo de decisões condenatórias no Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB) e alegando falta de dinheiro, pedindo gratuidade em custas processuais para se defender.

A informação apurada pelo ClickPB foi divulgada nesse sábado (20) pelo advogado Gustavo Rabay, que defende vítimas da Braiscompany. Segundo Gustavo, a Justiça paraibana começou a proferir as primeiras decisões sobre restituição de valores e a Braiscompany vem recorrendo apenas para protelar os pagamentos.

“A Justiça começa a proferir os primeiros pedidos de restituições de valores dos clientes lesados e a Braiscompany está recorrendo sem contestar a condenação, mas visando apenas a correção monetária e não estão contestando os valores devidos aos consumidores. Recorrendo por recorrer”, disse o advogado nas suas redes sociais, como visto pelo ClickPB.

Gustavo informou que a Justiça vem julgando os recursos da empresa como “prejudicados”, ou seja, estão sendo arquivados. A motivação é o pedido da Braiscompany sobre gratuidade das custas processuais.

“Os recursos estão sendo julgados como prejudicados, ou seja, arquivados, porque eles não estão recolhendo pagamento de custas e estão pedindo gratuidade judiciária. Estão dizendo que não tem dinheiro para pagar as custas processuais para se defenderem. Resta aguardar o trânsito em julgado”, argumentou o advogado, segundo acompanhado pelo ClickPB.

A Braiscompany, de propriedade de Antônio e Fabrícia Ais, é suspeita de praticar um esquema de pirâmide financeira e causar um prejuízo calculado em mais  de R$ 500 milhões a milhares de investidores.

A empresa foi alvo de diversos mandados de busca e apreensão no âmbito das Operações Halving e Select. Contra o casal existem mandados de prisão, mas eles conseguiram fugir da polícia e são considerados foragidos.

 

CLICKPB

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
slot gacor hari ini
situs slot luar negeri