Bloco Principal 1

Adiado julgamento dos acusados de assassinar garoto em suposto ritual de magia, na Paraíba

 

O Tribunal de Justiça da Paraíba, adiou o julgamento dos envolvidos no assassinato de um garoto de cinco anos de idade. O julgamento estava marcado para ocorrer dia 27 de abril,  na 1ª Vara do Tribunal do Júri da Comarca de Campina Grande, sendo adiado para o dia 1º de junho. O adiamento foi baseado na falta de segurança solicitado pedido da Defensoria Pública.

De acordo com o apurado pelo ClickPB, a denúncia apresentada pelo Ministério Público, na noite de 11 de outubro de 2015, na localidade denominada de Serra do Boqueirão, em Sumé, os réus mataram o garoto de cinco anos. O crime foi praticado durante um ritual de magia, com a finalidade de obter o sangue da criança.

Após obterem o sangue da vítima, os réus mutilaram o cadáver em várias partes, ocultando-o em seguida. Logo que perceberam a grande procura pela criança o corpo foi abandonado em um lugar visível, onde foi encontrado.

Mãe, padrasto e mais duas pessoas são presas por morte de menino em Sumé
Acusado de matar criança em Sumé é assassinado dentro de cela no Presídio PB1
Polícia prende quinto suspeito de morte de menino em ritual de magia negra em Sumé

Segundo a acusação do Ministério Público, o crime participaram a mãe, Laudenice dos Santos Siqueira, o padrasto Joaquim Nunes dos Santos, o vizinho dos pais, Denivaldo dos Santos Silva e Wellington Soares Nogueira, sendo esse o conhecedor do ritual a ser praticado. A mãe da vítima foi condeanda a 34 anos de prisão pelo 2º Tribunal do Júri de Campina.

 

CLICKPB

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
slot gacor hari ini
situs slot luar negeri