Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

Conforme vem sendo noticiado, a votação das contas do ex-governador Ricardo Coutinho (PT), referente ao exercício de 2016, será aberta como manda o regimento interno da Assembleia.

A propósito, o regramento foi definido em 2015 por ocasião do julgamento das contas do ex-governador José Maranhão e do próprio Coutinho naquela época. Lembrando, ainda, ter sido uma inovação do hoje presidente Adriano Galdino.

É importante lembrar, ainda, que o legislativo faz história ao adotar a votação aberta para esse caso. Coutinho teve contas rejeitadas, também de 2017 e 2018 tem o parecer do Ministério Público de Contas pela reprovação.

Todas por irregularidades inquestionáveis e casos de investigações policiais, como bem lembrou o deputado Tovar Correia Lima (PSDB) em recente entrevista.

Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

6 + 9 =