Dois jovens suspeitos de assalto, sequestro-relâmpago e troca de tiros foram presos pela Polícia Militar da Paraíba (PMPB) na noite desta quinta-feira (8), em João Pessoa. Ambos, uma mulher de 19 anos e um homem de 21, já respondem por crimes de tráfico de drogas. Segundo informações da própria vítima, ele teve o veículo roubado e foi feito refém no bairro do Cuiá, na Zona Sul da capital.

A vítima, que teve sua identidade preservada, afirmou que estava saindo de casa e iria visitar o pai, mas antes foi buscar a namorada para irem juntos. Nesse intervalo de tempo, segundo ele, seu carro foi interceptado por um dos criminosos a pé. Ele mostrou a arma e tomou o veículo por assalto.

Ainda segundo a vítima, um outro carro com duas pessoas se aproximou para dá apoio ao sequestro e o levaram até a Praia do Sol, em Gramame. Lá, eles fizeram várias perguntas na tentativa de reter senhas de bancos, porém, como não obtiveram êxito, eles utilizaram o carro roubado para praticar assaltos com o jovem feito de refém no banco traseiro.

A Polícia Militar foi acionada após o primeiro assalto realizado pelos criminoso e a partir daí montou um cerco nas principais vias de acesso, já em outro município. “Fomos informados que eles estavam na direção de Conde, fizemos então um cerco nas vias que poderiam ser usadas. Encontramos eles voltando com a vítima e, ao receber ordem de parada, eles fugaram, mas acabaram colidindo contra um muro e abandonaram o carro”, disse o major Bruno.

“Em seguida, os três fugiram a pé, pulando muros e chegaram a atirar contra a guarnição, que reagiu a uma injusta agressão. Conseguimos prender dois, ambos com passagens pelo mundo do tráfico, apreendemos também o veículo que foi usado para dá apoio e pertence a um deles. Mas já o identificamos, estamos em busca e dentro desse carro tinha vários celulares que possivelmente também são produtos de crime”, explicou o major da Polícia Militar.

Os criminosos permanecem presos na Central de Flagrantes da Polícia Civil e aguardam por audiência de custódia. O terceiro acusado segue foragido. Confira o momento exato do crime:

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

2 × quatro =