Mesmo com a pandemia, o comércio varejista ampliado que inclui o setor automotivo e de materiais de construção apresentou alta de 6,79% no volume de vendas em relação a setembro do ano passado na Região Metropolitana de João Pessoa. De acordo com os dados que o ClickPB teve acesso, nesta sexta-feira (20) o aumento entra para o acumulado de altas nas vendas desde maio. O estudo foi realizado pelo Instituto de Planejamento, Estatística e Desenvolvimento da Paraíba (INPES) da Fecomércio Paraíba.

A pesquisa é realizada no Comércio Varejista da Região Metropolitana de João Pessoa e acompanha mensalmente 12 segmentos, incluindo empresas de micro, pequeno, médio e grande porte. A amostra foi de 351 estabelecimentos comerciais.

Na comparação anual, os segmentos que mais cresceram foram os de eletrodomésticos e eletroeletrônicos (45,72%), materiais de construção (44,51%) e farmácias, drogarias e perfumarias (23,66%). Por outro lado, apresentaram desempenho negativo nas vendas: combustíveis (-23,45%), calçados (-18,64%), móveis e decorações (-13,41%), vestuário (-11,11%) e autopeças e acessórios (-8,95%).

Já na comparação de setembro em relação a agosto, o volume de vendas do comércio varejista ampliado registrou, em valores reais, um resultado praticamente estável, com uma pequena retração de 0,34%, após uma trajetória de crescimento contínuo que vinha acontecendo desde maio de 2020 na série sem ajuste sazonal.

Ainda nessa comparação, houve resultado positivo em sete dos doze segmentos acompanhados, com destaque para cine-foto-som e óticas (19,79%), combustíveis (10,39%), tecidos (8,85%) e calçados (6,66%). Em sentido oposto, houve retração nas vendas de móveis e decorações (-10,80%), supermercados e mercadinhos (-4,94%), farmácias, drogarias e perfumarias (-3,58%), autopeças e acessórios (-3,07%), e eletrodomésticos e eletroeletrônicos (-1,30%).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

2 × 4 =