De acordo com a responsável pela aquisição de possíveis imunizantes no Reino Unido, Kate Bingham, uma vacina pode ser disponibilizada para algumas pessoas antes do Natal, porém o lançamento no início de 2021 é o mais provável.

À BBC, nesta quarta-feira (28), Kate afirmou que se as primeiras duas vacinas, ou qualquer uma delas, mostrarem que são seguras e eficazes, há uma possibilidade de que a disponibilização da vacina comece antes do Natal.

Apesar disso, a responsável apontou que o mais realista é esperar para o início do ano que vem.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

doze − 7 =