A CPI da Pandemia convocada, pela terceira vez, o ministro da Saúde Marcelo Queiroga para prestar depoimento no Senado.

A principal justificativa para a mudança de pauta de última hora da Conitec, que trataria do uso de medicamentos do “kit Covid” nesta quinta-feira (7).

Os senadores suspeitam que tenha sido feito algum pedido para que os técnicos deixassem de avaliar a questão na data prevista.

Queiroga defende fim do uso de máscara de forma gradual Após término, a CPI fará roteiro de viagens para entregar o relatório final STF concederá direito de silêncio a ex-médico da Prevent durante depoimento na CPI

Além disso, Queiroga ainda não respondeu questionamentos enviados pela comissão a respeito do cronograma de vacinação contra a Covid-19 previsto para 2022.

Segundo o presidente da comissão, senador Omar Aziz (PSD-AM), uma data ainda deve ser definida para que o ministro compareça pela terceira vez ao Senado. A expectativa da CPI era de que os depoimentos perdidos encerrados nesta quinta-feira (7).

A CPI, que já está em sua reta final, deve apresentar o relatório final da investigação no dia 19 de outubro e votá-lo no dia 20.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

um × 1 =