Bloco Principal 2Policial

Ucrânia faz maior ataque com drones da guerra e destrói quatro aviões russos

Drones ucranianos atingiram alvos em pelo menos seis regiões da Rússia na última madrugada, incluindo um aeródromo onde destruíram quatro aviões de transporte militar, na maior ofensiva de Kiev com drones desde o início da guerra, em 24 de fevereiro de 2022.

Autoridades russas confirmaram que ataques ucranianos atingiram alvos nas regiões de Pskov, Bryansk, Kaluga, Orlov, Ryazan e Moscou.

O Ministério das Relações Exteriores da Rússia disse que os ataques “não ficarão impunes” e não poderiam ter chegado tão longe ao território russo sem a ajuda ocidental.

Em Pskov, norte da Rússia, a mais de 600 km da Ucrânia, um enorme incêndio ocorreu em um campo de aviação militar. A agência de notícias Tass informou que pelo menos quatro aviões de transporte Il-76 gigantes foram danificados, dois dos quais “explodiram em chamas”.

Os ataques aconteceram no momento em que as autoridades de Kiev informaram que pelo menos duas pessoas foram mortas no que eles descreveram como os ataques aéreos russos mais pesados na capital ucraniana nos últimos meses.

Na Rússia, o governador de Pskov postou um vídeo no Telegram que mostra um grande incêndio com sons de sirenes e uma explosão. Outro vídeo publicado mostrou sistemas antiaéreos em ação em torno da cidade, que fica a apenas 32 km a leste da fronteira da Rússia com a Estônia, membro da Otan.

O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, disse que a Rússia está analisando de onde os drones foram lançados para evitar novos ataques, e o presidente Vladimir Putin foi informado imediatamente, como seria o caso em quaisquer “ataques massivos”.

Kiev confirmou que os aviões russos foram destruídos em Pskov, sem dizer a natureza do incidente. Geralmente a Ucrânia evita comentar ataques em território dentro da Rússia, embora afirme que tem o direito de atingir alvos militares.

“Sim, quatro aviões de transporte IL-76 foram destruídos em Pskov, em um campo de aviação, eles não podem ser reparados. Além disso, vários outros deles estão danificados, mas a informação está sendo verificada”, disse à Reuters Andriy Yusov, um porta-voz da agência militar GUR da Ucrânia.

Os aliados ocidentais da Ucrânia geralmente proíbem Kiev de usar armas que eles fornecem para atacar a Rússia, mas dizem que Kiev tem o direito de realizar tais ataques com suas próprias armas.

Ofensiva russa

A Rússia informou que suas tropas destruíram quatro embarcações ucranianas que transportavam até 50 soldados no mar Negro.

Uma aeronave “destruiu quatro lanchas militares de alta velocidade com unidades de desembarque das forças de operações especiais ucranianas em número total de até 50 pessoas” no mar Vermelho por volta da meia-noite de terça, horário de Moscou (18h, horário de Brasília), informou o ministério russo da Defesa em um comunicado no Telegram.

Moscou tem bombardeado implacavelmente as cidades ucranianas com mísseis de longo alcance e ataques de drones durante a guerra. Milhares de civis ucranianos foram mortos.

A Ucrânia disse que suas defesas aéreas abateram 28 mísseis russos e 15 dos 16 drones disparados durante a noite. Explosões soaram em Kiev, onde as autoridades disseram que os destroços caíram em quatro áreas, matando pelo menos duas pessoas.

Os ataques à Rússia nas últimas semanas, incluindo os repetidos ataques de drones no centro de Moscou, levaram a guerra para casa para muitos russos pela primeira vez, mesmo que os ucranianos tenham passado o último ano e meio em constante perigo devido aos ataques aéreos.

R7

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
slot gacor hari ini
situs slot luar negeri