Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

O Tribunal Superior Eleitoral concluiu nesta sexta-feira (13) os testes públicos de segurança nas urnas eletrônicas para as eleições deste ano. De acordo com a Corte, especialistas da área de tecnologia de todo o país fizeram 29 ataques e nenhum deles conseguiu alterar votos ou afetar a totalização dos votos.

Nesta última fase, investigadores que encontraram vulnerabilidades nos testes de novembro do ano passado voltaram ao TSE para verificar se as medidas de segurança adotadas foram suficientes para resolver os problemas. Os chamados testes de confirmação começaram na quarta-feira

Resenha polítika

Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

dez − seis =