PUBLICIDADE

Trauma de JP tem déficit de quase 200 de profissionais, denuncia Coren-PB

PUBLICIDADE

O Conselho Regional de Enfermagem da Paraíba (Coren-PB) denunciou, nesta sexta-feira (25), um déficit de 191 profissionais de enfermagem no Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa. De acordo com o órgão, que apontou a necessidade de 72 novos enfermeiros e 119 técnicos de enfermagem na unidade de saúde, profissionais do hospital sofrem sobrecarga durante a jornada de trabalho.

“A fiscalização do Coren-PB identificou um déficit de profissionais de enfermagem no Hospital de Emergência e Trauma que estava sendo suprido por horas extras resultando na sobrecarrega dos enfermeiros e técnicos de enfermagem”, declarou a chefe de fiscalização do Coren-PB, Graziela Cahu.

O Conselho Regional informou que enviou um documento para o Ministério Público do Trabalho na Paraíba (MPT-PB) com o resultado da inspeção. O Coren disse ainda que já foi realizada uma audiência para discutir a realização de um concurso público para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa em um prazo de até 12 meses.

Em nota enviada ao Portal T5, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) afirmou que “se comprometeu a apresentar ao MPT um cronograma para a realização de seleção de pessoal a ser realizada até novembro de 2023”. No comunicado, a SES disse que “ainda não há definição sobre data da realização, número de vagas ou modalidade da contratação”. 

Mostrar mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo