Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

Temos uma boa notícia para quem trabalhou de carteira assinada entre os anos de 1971 e 1988. Se esse é o seu caso, você pode ter um dinheiro extra para sacar e não estava sabendo. Estes trabalhadores têm direito as cotas do Pis/Pasep. A Caixa Econômica Federal anunciou que uma quantia de aproximadamente R$ 22 bilhões  está aguardando o saque desses trabalhadores.

O saldo está disponível tanto para quem trabalhou em empresas privadas quanto para quem exerceu atividade na esfera pública (municipal, estadual ou federal). Quem possui algum valor a ser resgatado tem até o dia 31 de maio de 2025 para retirar a quantia. Caso isso não ocorra,o dinheiro será devolvido aos cofres da União de forma definitiva.

O que é PIS/Pasep?

 

O PIS (Programa de Integração Social) e Pasep (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público) são programas pelos quais as empresas e órgãos públicos depositam todo mês contribuições que são revertidas em benefícios a trabalhadores dos setores privado e público, como o abono salarial e o seguro-desemprego.

Entre os anos 1971 e 1988, os empregadores realizavam esses depósitos em contas individuais no Fundo PIS/Pasep em nome de cada um dos seus profissionais contratados. Só tem dinheiro no Fundo quem trabalhou durante aquele período em empresas privadas ou como servidor público e, claro, ainda não resgatou todo o saldo.

Como sacar as cotas do PIS/Pasep?

Para resgatar os valores, é necessário apresentar um documento oficial com foto em qualquer uma das agências da Caixa Econômica Federal.

No caso de herdeiros de trabalhadores falecidos, é necessário levar a certidão de óbito do titular, além do comprovante do vínculo de dependência. É importante frisar que as cotas são diferentes do abono salarial, que é repassado todos os anos aos trabalhadores que atuaram com carteira assinada nos 12 meses anteriores.

Para saber se há cotas disponíveis, basta o cidadão acessar o aplicativo Caixa Trabalhador e consultar o seu saldo.

Dica Extra do Jornal Contábil: Compreenda e realize os procedimentos do INSS para usufruir dos benefícios da previdência social.

Já pensou você saber tudo sobre o INSS desde os afastamentos até a solicitação da aposentadoria, e o melhor, tudo isso em apenas um final de semana? Uma alternativa rápida e eficaz é o curso INSS na prática:

Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que você precisa saber para dominar as regras do INSS, procedimentos e normas de como levantar informações e solicitar benefícios para você ou qualquer pessoa que precise.

Não perca tempo, clique aqui e domine tudo sobre o INSS.

 

Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

doze − 10 =