A Federação Internacional de Tênis de Mesa (ITTF, sigla em inglês) cancelou a realização do Mundial por equipes da modalidade, que seria disputado em fevereiro do ano que vem em Busan (Coreia do Sul). Em nota, a entidade argumentou que o avanço do novo coronavírus (covid-19) no país e o cenário “problemático da pandemia em muitas regiões do mundo levaram essa difícil decisão a ser tomada”.

A competição estava inicialmente marcada para o último mês de março, mas sofreu três adiamentos devido à pandemia: primeiro para junho, depois setembro e, por fim, fevereiro do ano que vem. Segundo o comunicado da ITTF, o adiamento da Olimpíada e da Paralimpíada de Tóquio (Japão) para 2021 fez com que fosse inviável postergar o Mundial por equipes mais uma vez. “Também foi observado que o Mundial de Tênis de Mesa [individual] será realizado após os Jogos e os detalhes finais deste evento estão sendo finalizados, para anúncio em janeiro”, completa a nota.

É a primeira vez que o evento não será realizado desde a Segunda Guerra Mundial. Entre 1926 e 1997, um único Mundial reunia disputas individuais e por equipes. A partir de 1999, as competições se dividiram, com uma última edição “geral” ocorrendo em 2001.

No último Mundial por equipes, em 2018, o Brasil perdeu nas quartas de final da chave masculina para a vice-campeã Alemanha. Já no feminino, a seleção caiu na primeira fase. Foi a primeira vez que o país teve as duas equipes nacionais competindo na divisão de elite do torneio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

4 × três =