Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

A ex-secretária de Estado da Administração, Livânia Farias e ex-braço direito do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB), teve as contas de 2013 rejeitadas pelo Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB) em sessão da Corte ocorrida no início deste mês de junho.

No julgamento, foi apontado privilégios injustificados ao Shopping Manaíra, do empresário Roberto Santiago. A Corte constatou ausência de requisitos legais para um contrato de aluguel da Casa da Cidadania no shopping, assim como a falta de justificativa para privilégio de reconhecimento de dívidas referentes ao mesmo.

Além disso, os conselheiros do Tribunal também encontraram irregularidades em um processo licitatório para aquisição de um helicóptero. O edital do pregão exigia um modelo do ano de 2009, mas a Secretaria adquiriu um de 2007 com uma empresa sendo desclassificada por oferecer cotação de modelo do ano 2008.

Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

quatro × cinco =