Policiais do 14º Batalhão da Polícia Militar de Bangu localizaram e prenderam um homem suspeito de atirar e matar o cabo da Polícia Militar, Derinaldo Cardoso, durante um assalto dentro de uma unidade da loja Casa & Vídeo em Mesquita, na Baixada Fluminense. A prisão aconteceu neste domingo (6).

O suspeito foi identificado como sendo Jonathan Santos Targino, conhecido como Jonatha. Na tarde de sábado (5), os policiais suspeitavam que Jonatha estaria escondido em Vila Kennedy, bairro da Zona Oeste da capital de onde o suspeito seria oriundo.

O CRIME


O policial militar Derinaldo Cardoso dos Santos, de 34 anos, foi morto ao tentar impedir um assalto a uma loja no centro de Mesquita, cidade da Baixada Fluminense. Derinaldo, que era cabo da PM, foi atingido por um tiro na cabeça disparado por um criminoso durante a ocorrência.

O crime ocorreu no início da tarde de sexta-feira (4) e a morte foi confirmada na noite do mesmo dia. Cardoso trabalhava no 20º Batalhão da Polícia Militar. Ele ainda foi socorrido para o Hospital Geral de Nova Iguaçu (HGNI) em estado gravíssimo e passou por uma cirurgia de emergência. O militar não resistiu a gravidade do ferimento e morreu na sala de cirurgia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

três × 4 =