O irmão do ex-governador Ricardo Coutinho, Coriolano Coutinho, sofreu mais uma perda na Justiça no que diz respeito a sua prisão no âmbito da Operação Calvário.

É que a ministra Laurita Vaz, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), rejeitou mais um pedido de revogação de prisão feito pela defesa de Coriolano.

A defesa mas uma vez alegou que caberia a imposição de medidas cautelares ao invés da prisão preventiva, tese mais uma vez rejeitada.

Vale ressaltar que Coriolano está preso desde o mês de dezembro do ano passado após descumprir medidas cautelares e segue detido na Penitenciária Média de João Pessoa, no bairro de Mangabeira.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

um × cinco =