Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

Na noite do último domingo (14), Manoel da Silva, de 79 anos, morreu após ser esfaqueado pelo próprio sobrinho, de 36, no bairro do Aeroclube, em João Pessoa. Além do idoso, sua esposa, de 60 anos, também ficou ferida com cortes na mão. Ela foi socorrida ao Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena e recebeu alta na manhã desta segunda-feira (15).

Em entrevista ao ClickPB, o delegado da Polícia Civil, Ademir Fernandes, responsával pelo caso, afirmou que o sobrinho chegou na casa dos tios sem ser convidado. Ele saiu de Mossoró (RN), onde mora com a esposa, antes de chegar na capital paraibana.

“Todos começaram a beber e ele, aparentemente, pediu algum dinheiro às vítimas e então aconteceu a discussão. Ele deve ter vindo com intenção de fazer algum mal, de roubar o casal, planejando alguma situação. Quando ele viu que não ia ter condições de roubar talvez ele tenha ficado com raiva e matou a vítima”, afirmou.

O suspeito, que é da cidade de Icó, no Ceará, tem passagem na polícia por roubo e já ficou preso por 8 anos no estado, segundo o delegado. Após o crime em João Pessoa, ele foi preso em flagrante e encaminhado à Central de Polícia. O sobrinho alegou que matou o tio “em legítima defesa”.

Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

6 + 11 =