Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

Ao menos três pessoas morreram em Tonga, após a erupção de um vulcão submarino no sábado (15), informou o governo do pequeno arquipélago do Oceano Pacífico nesta terça-feira (18).

Outras duas pessoas morreram no Peru, do outro lado do Pacífico: duas mulheres que se afogaram no norte do país devido ao tsunami causado pela erupção do Hunga Tonga-Hunga Haa’pai.

Alertas de tsunamis foram emitidos em diversos países que são banhados pelo Pacífico, além do Peru, como Estados Unidos, Chile e Japão, e erupção foi sentida até no Alasca.

O governo de Tonga confirmou a morte de Angela Glover, uma britânica de 50 anos que cuidava de uma ONG de proteção animal no país, de uma vítima na ilha da Manga e de outra na ilha de Nomuka.

O governo informou também que todas as casas foram destruídas na ilha da Manga, só sobraram duas casas na ilha Fonoifua e a ilha Nomuka teve “danos extensivos” devido à erupção.

Foi o primeiro balanço oficial de vítimas do governo de Tonga, pois o país está isolado do resto do mundo e com problemas de comunicação. Especialistas dizem que a população pode ficar sem internet por várias semanas no país.

Tonga é um arquipélago na Oceania que tem cerca de 100 mil habitantes e é formado por dezenas de ilhas no Pacífico Sul, a oeste da Austrália. A principal ilha é Tongatapu, onde fica a capital Nuku’alofa.

Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

12 − dez =