O Sindicato das Empresas de Hospedagem e Alimentação de João Pessoa (SEHA-JP) atribui o aumento dos casos da Covid-19 na capital à intensa movimentação de políticos e pessoas nas ruas durante o período que compreendeu a campanha eleitoral.

Os empresários do segmento, que foram os mais atingidos economicamente pela pandemia, continuam mantendo todas as medidas de higienização, protocolos sanitários específicos do setor e prezando pelo distanciamento físico no interior dos seus estabelecimentos.

“Não é justo que os bares e restaurantes sejam considerados os vilões dos casos de aumento da doença. Nós consideramos que a campanha eleitoral contribuiu significativamente para o surgimento de novos casos, pois o segmento reabriu há alguns meses e os casos vieram a aumentar recentemente, coincidindo com o período da campanha eleitoral. Todo mundo do setor de bares e restaurantes continua preocupado e trabalhando para resguardar a saúde de clientes e funcionários”, diz o presidente do SEHA-JP, Graco Parente.

O SEHA-JP ressalta que é a favor e que continua colaborando para a realização de fiscalizações do segmento. Os bares e restaurantes da capital paraibana puderam reabrir, depois de mais de 120 fechados, a partir do dia 27 de julho, quando a Prefeitura Municipal anunciou a quarta fase do plano de flexibilização das atividades econômicas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

catorze − onze =