Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

O setor de shows e eventos semelhantes está animado com o ‘passaporte da vacina’ regulamentado na Paraíba e com a definição de um cronograma que aumenta, por etapas, o público nas casas de eventos de 50% para 80% nos próximos dias e, finalmente, para 100% em 21 de dezembro.

Em entrevista ao ClickPB, o presidente da Associação Brasileira dos Promotores de Eventos (Abrape), Delano Tavares, informou que o próprio setor vai cobrar de todos a exigência do ‘passaporte’, com as duas doses de vacina contra Covid-19 ou primeira dose com teste negativo para coronavírus, para a entrada nos eventos.

“O próprio setor vai fiscalizar. Nós somos defensores da vacina. A gente faz essa cobrança pela exigência do ‘passaporte da vacina’ nos estabelecimentos”, relatou Delano.

As festas em espaços abertos estão sendo canceladas diante da ameaça da nova variante do coronavírus, a Ômicron. Serão priorizados os eventos em locais fechados porque permitem o controle de acesso com o ‘passaporte da vacina’. “Os órgãos públicos estão cancelando as festas de ruas e a gente acredita que o setor privado tem mais facilidade de controle no acesso”, completou o presidente da Abrape-PB.

Com relação ao cronograma de público, que aumenta para 80% o público nas casas de shows a partir do dia 11 de dezembro, e para 100% a partir de 21 de dezembro, Delano Tavares considera que será muito positivo para o setor de eventos. “Vai ajudar nessa retomada do nosso setor que está sofrendo muito desde o começo da pandemia. A expectativa para o Natal, Réveillon e Carnaval é boa.”

Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

quinze + dois =