SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O empresário Carlos Wizard deve ser convocado para falar na CPI da Covid. O pedido foi enviado pelo senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) nesta segunda-feira (17), de acordo com a assessoria do parlamentar.

O senador justifica o requerimento dizendo que o depoimento do empresário ajudaria a “esclarecer detalhes ‘ministério paralelo da saúde’, responsável pelo aconselhamento extraoficial do Governo Federal com relação às medidas de enfrentamento da pandemia, incluindo a sugestão de utilização de medicamentos sem eficácia comprovada e o apoio a teorias como a da imunidade de rebanho”.

Apoiador de Bolsonaro, Wizard foi nomeado para assumir um cargo no Ministério da Saúde no ano passado, mas saiu em meio a uma polêmica sobre a contagem das vítimas da doença. Ele é um entusiasta do uso de medicamentos sem eficácia comprovada, do chamado tratamento precoce.

Procurado por meio de sua assessoria de imprensa, o empresário não quis comentar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

seis + 17 =