O julgamento de um recurso do ex-senador e ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) Vital do Rêgo deve ser retomado pela Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) nesta terça-feira (6).

A defesa do ministro constesta o envio para a Justiça Federal do Paraná do inquérito que o investiga pela suposta participação em um esquema de propinas de empreiteiras e pede o arquivamento da apuração.

Vital é acusado de ter recebido R$ 3 milhões em propina da OAS para evitar que os executivos da empreiteira fossem convocados a depor na CPI da Petrobras, que ele presidia em 2014.

Em setembro de 2020, Gilmar Mendes votou para enterrar a investigação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

19 − 10 =