O secretário de Saúde de João Pessoa, Fábio Rocha, afirmou nesta quinta-feira (2), durante entrevista ao jornalista Anderson Soares, na CPAD FM (96.1), que a prefeitura vai anunciar protocolos sanitários para liberação de público em eventos esportivos e sociais na capital. Dentre as medidas que serão adotadas, Fábio Rocha adiantou que será a vacinação para participar dos eventos.  “Só vai comprar ingresso e ter acesso ao estádio quem tiver vacinado e não terá lotação acima de 50%”, disse.

Em reação à obrigatoriedade da vacina, o secretário afirmou que nem o congresso nem o executivo tem opção de não se vacinar. “O presidente quis que a vacina fosse facultativa, mas imediatamente achamos que a atitude correta é tornar obrigatória. Muita gente diz que não vai se vacinar porque vai virar jacaré, porque vai ter uma dorzinha de cabeça, mas prefere a morte?”, ironizou.

Sobre a variante Delta, Rocha defendeu a continuidade das medidas de segurança como o uso da máscara. “Temos muita preocupação com a chegada da variante e a gente torce para não acontecer outro pico. As pessoas têm que manter o uso da máscara obrigatório”, disse.

Fabio também criticou a postura do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) que ainda não tomou a vacina. “Acho que o presidente deveria dar o exemplo e se vacinar. Como chefe da nação, ele precisa dar exemplo”, finalizou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

dezesseis + 13 =