O secretário de Saúde de João Pessoa, Fábio Rocha, tachou de imbecil e equivocada a decisão anunciada pelo ministro da Saúde, o paraibano Marcelo Queiroga, suspendendo a vacinação contra covid de adolescentes sem comorbidades.

“A decisão é equivocada. Não sei se com intuito de provocar algum tumulto ou mal entendido! Mas, é lastimável”, declarou o secretário.

A decisão, segundo ele, pegou todo mundo de surpresa. “Pelo menos aqueles que entendem um pouquinho de imunização. Se eu parto para vacinar pessoas com comorbidades, prioritárias, com a vacina, e não tem risco, imagine no sadio!”, criticou, em entrevista à TV Tambaú.

O secretário ressaltou que a Anvisa concorda com a vacinação, assim como o mundo inteiro, mostrando que os adolescentes devem ser vacinados.

“Se eu tenho a capacidade intelectual para vacinar o que tem doença pré-existente, por que eu não vacino o sadio? É ser muito imbecil”, declarou.

Fábio Rocha disse que vai se reunir com o prefeito Cícero Lucena e que muito possivelmente, se depender dele, a Prefeitura de João Pessoa irá vacinar os adolescentes de 12 a 17 anos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

quinze + quinze =