A Prefeitura de João Pessoa realizou uma força tarefa na manhã deste domingo (7), no Mercado Central, para serviços de poda, limpeza, vistoria para desativar ligações clandestinas de esgotos e reparos na estrutura do local avariada pelas chuvas. A ação irá continuar durante a segunda-feira (8) permitindo assim a reabertura da feira na terça-feira (9).
A cena chamou a atenção dos comerciantes que relataram que há mais de uma década não viam ação semelhante. O comerciante Nildo Cavalcanti que trabalha no Mercado Central há 46 anos fez questão de comentar o estado de esquecimento que o Mercado estava. “Isso aqui ficou abandonado por muitos anos. Só faziam passar uma vassoura e pronto. Isso que estão fazendo aqui e agora é louvável. Precisa estar tudo limpo porque aqui é a cozinha, é daqui que sai os alimentos que vão para a casa das pessoas”, falou o comerciante.
“Nós fomos provocados pela população após as últimas chuvas que atingiram nossa cidade em virtude de que algumas árvores poderiam estar causando perigo de queda. Orientados pelo prefeito Cícero Lucena e pelo secretário da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedurb), Fábio Carneiro, foi determinado que fizéssemos uma grande ação de zeladoria aqui nesse local envolvendo diversas secretarias”, explicou o diretor de paisagismo da Sedurb, Jair Soares.
Durante os trabalhos foi feita a demolição do restante do muro que foi derrubado pelas chuvas, o reordenamento das bancas para uma melhor acomodação dos comerciantes e dos usuários.
Na parte de esgotamento, o diretor de serviços urbanos da Sedurb, José Carlos Rodrigues, informou que foram encontradas muitas ligações clandestinas que estão indo direto para as galarias pluviais e com isso desaguando nas águas da Lagoa. Uma equipe da Cagepa também acompanhou essa vistoria.
“O Mercado em si estava abandonado. Então, hoje, com novo momento do governo Cícero, estamos buscando dar uma nova formatação a esses espaços e entregar um serviço de boa qualidade para a população”, disse José Carlos.

Novo Mercado – o secretário da Sedurb, Fábio Carneiro, disse que será apresentado um projeto de reforma para o Mercado. “Essa ação mostra que a gestão do prefeito Cícero Lucena chegou e quer resolver os graves problemas dessa cidade. O mercado está abandonado, apesar de ter passado por algumas reformas. Já temos projetos, que estão em fase de conclusão, de uma reforma geral para esse local e que serão repassados para a Secretaria de Planejamento e posteriormente para o processo licitatório. A partir do próximo semestre o prefeito quer dar início a essa grande reforma”, disse ele.

Poda de árvores – Ao longo da semana a Secretaria do Meio Ambiente (Semam) diagnosticou situações que sejam pertinentes a questão ambiental como uma árvore com risco de queda, copas atingindo as fiações elétricas, esgotamento irregular, entre outras situações.
Durante essa final está sendo feita uma poda de contenção, com formação de copa, fazendo com que a árvore não traga problema, e sim segurança para as pessoas que trafegam na localidade.
“Precisamos fazer também a retirada de algumas árvores que apresentavam uma declividade acentuada gerando risco de tombamento. Mas iremos replantar árvores nativas da nossa mata atlântica”, esclareceu o diretor de Controle Ambiental da Semam, Anderson Fontes.

Serviço – Para solicitar uma poda basta o cidadão ligar para o telefone 3264-1680 onde uma equipe técnica da Semam irá no local fazer uma vistoria para que seja autorizada.

Engajamento – Além da Sedurb, a ação no Mercado Central vai contar com equipes da Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur), Secretaria Executiva de Defesa Civil, Semam, Secretaria de Infraestrutura (Seinfra), Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob), Guarda Civil Metropolitana, Corpo de Bombeiros e Cagepa, totalizando mais de 150 pessoas. Agentes de mobilidade urbana deram orientações do trânsito no local.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

15 − 1 =