Presidente da CPI da Covid, o senador Omar Aziz afirmou que acredita serem verdadeiras as denúncias do deputado Luis Miranda em relação às irregularidades na compra da vacina Covaxin.

Nenhum servidor federal foi acionado pelo presidente após a denúncia do deputado Luis Miranda para fazer qualquer tipo de investigação. Se tivesse sido [mentira], pode ter certeza que o presidente já teria chamado Miranda de mentiroso, cafajeste, vagabundo e picareta. Essa é a forma como ele trata as pessoas que se opõem a ele ou tentam imputar alguma coisa”, disse Aziz em entrevista à TV Cultura.

Bolsonaro completou neste domingo 9 dias sem desmentir Luis Miranda.

Segundo o deputado que denunciou o caso Covaxin, o presidente da República, quando alertado dos indícios de corrupção na compra da vacina indiana, citou o nome de Ricardo Barros, líder do governo Bolsonaro na Câmara.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

17 + 2 =