Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

O governador João Azevêdo (PSB) avaliou como “equivoco extraordinário” a decisão da Prefeitura de Santa Rita em romper com a Companhia de Águas e Esgoto da Paraíba (Cagepa) e contratar o Consórcio Águas do Nordeste para gerenciar o fornecimento de água e esgoto no município.

Azevêdo destacou que a mudança vai de encontro com o entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF), de que em cidades localizadas em regiões metropolitanas não se pode fazer esse tipo de trabalho de forma isolada.

“Existem outros interesses aí por parte da Prefeitura, que não está se preocupando com o seu morador. Até porque parte do sistema do município é atendido por água de Santa Rita e tem parte que a água nem de Santa Rita vem. Então, não poderia ser feita [a mudança] e tomada uma decisão desse tipo”, enfatizou o gestor durante agenda em Sousa, no Sertão do Estado.

O governador disse que aguarda um recurso impetrado pelo Estado no Supremo Tribunal Federal. “Estamos recorrendo na justiça porque é o fórum correto para gente fazer esse tipo de disputa. Mas, eu tenho certeza que logo logo as coisas se colocação no seu devido lugar”, frisou.

Veja o vídeo:

Wallison Bezerra – MaisPB

Compartilhe e nos ajude a continuar com o projeto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

8 + cinco =