O trio de bilionários da 3G Capital e seus familiares estão aumentando sua aposta em imóveis no Brasil, em um momento em que a economia patina sob efeitos da pandemia do Covid-19.

Empresas ligadas a Jorge Paulo Lemann, Marcel Telles e Carlos Alberto Sicupira aumentam suas apostas em escritórios, centros de conveniência e construção de apartamentos para aluguel de longa duração. O objetivo é aproveitar as oportunidades criadas pela pandemia em um país que lidera o mundo em mortes diárias da doença.

“Os próximos 18 meses serão muito desafiadores para o setor de imóveis comerciais, e esse é o momento de fazer compras, porque os vendedores tendem a flexibilizar preços”, disse Fabio Itikawa, diretor financeiro da São Carlos Empreendimentos e Participações (SCAR3) , empresa criada pelos fundadores da 3G e que agora é de propriedade de seus herdeiros.

O Brasil vive sua pior fase da pandemia, com mais de 340.000 mortos pela doença e recordes diários sendo quebrados no número de novos casos. As vacinações estão progredindo lentamente, com apenas 2,9% de seus 212 milhões de habitantes totalmente imunizados, de acordo com dados compilados pela Bloomberg. A economia está passando por dificuldades, com setores de atividade fechados, aumento do desemprego e queda no crescimento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

17 − 17 =