O ex-ministro das Finanças do Reino Unido Rishi Sunak chegou nesta terça-feira (25) ao Palácio de Buckingham e foi oficialmente nomeado pelo rei Charles III como o novo primeiro-ministro do país.

Sunak substitui Liz Truss, que deixou oficialmente o cargo nesta terça-feira (25). Em um breve discurso na porta de Downing Street, ela pediu que o próximo governo invista no crescimento econômico – o país vive anos de crescimento baixo e, pela primeira vez em 40 anos, tem inflação acima dos 10%.

Ainda nesta manhã, Sunak fará um discurso a população, o seu primeiro como novo líder do Reino Unido.

Sunak será recebido em Buckingham pelo rei Charles III, que, seguindo os protocolos da Constituição britânica, vai pedir que o milionário filho de indianos forme um governo.

Essa vai ser a primeira vez que Charles III participará dessa cerimônia.

Minutos antes, o novo monarca também recebeu oficialmente a renúncia de Liz Truss, que na quinta-feira (20) anunciou que deixaria o cargo por conta de um polêmico plano econômico que previa cortes severos de impostos e poucas propostas para cobrir o rombo no Orçamento do país.

Veja abaixo quais devem ser os passos da formalização de Sunak:

  • Liz Truss, que oficialmente ainda ocupa o cargo de primeira-ministra, foi a uma última reunião com seu gabinete, leu um comunicado e segui ao Palácio de Buckingham, onde apresentou renúncia ao rei Charles III;
  • Finalmente, Sunak será nomeado primeiro-ministro pelo rei. Ele ouvirá do rei um pedido para que forme um governo, como manda o protocolo da Constituição do país;
  • Sunak então fará um breve discurso em Downing Street, a sede do governo britânico;

Sunak será o primeiro líder não branco do Reino Unido —ele tem ascendência asiática.

O novo premiê, que já foi chefe do Tesouro do governo, venceu a corrida pela liderança do Partido Conservador na segunda-feira. A única rival, Penny Mordaunt, cedeu e desistiu depois de não atingir o limite de 100 legisladores conservadores necessários para permanecer na corrida

Agora, ele precisa estabilizar o partido e o país em um momento de turbulência econômica e política. Ele será o terceiro primeiro-ministro do Reino Unido neste ano.

Ele assumirá o cargo de primeira-ministra de Liz Truss, que renunciou na semana passada, após 45 dias no cargo. Ela deixa uma economia mais cambaleante do que encontrou e um partido dividido.

G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

2 × quatro =