O Estado do Rio de Janeiro terá um “superferiado” de 10 dias a partir da próxima sexta-feira (26) e até o Domingo de Páscoa (4).

A GloboNews apurou que a antecipação de feriados e a criação de três dias de folga foram um dos pontos de consenso em reuniões na noite deste sábado (20) e na manhã deste domingo (21). Outra seria o fechamento das escolas públicas e particulares nesse período.

Ainda segundo a apuração da GloboNews, não houve acordo para a adoção de medidas mais restritas, e os prefeitos do Rio e de Niterói, Eduardo Paes e Axel Grael, saíram contrariados do encontro deste domingo com o governador Cláudio Castro no Palácio Laranjeiras.

Na última sexta-feira (19), Paes afirmou que baixaria regras ainda mais rígidas independentemente de um acordo com Castro.

Até a última atualização desta reportagem, não estava claro se cada município teria autonomia para ter suas próprias restrições.

Regras acertadas no estado

ENSINO

Escolas públicas e particulares fechadas.

TRANSPORTES

Manutenção da oferta de transportes públicos das 5h à meia-noite, de segunda a sábado, e das 7h às 23h aos domingos;
Fiscalização do uso de máscara e álcool em gel nas estações;
Proibição de fretamento de ônibus intermunicipais e interestaduais, exceto de transporte de trabalhadores.

BARES E RESTAURANTES

Funcionamento com metade da capacidade;
Entrada de clientes até 21h;
Fechamento até 23h;
Proibido vender bebida alcoólica para clientes em pé;
Será permitido servir em mesas de até quatro pessoas;
Drive-thru, delivery e take-away mantidos.

COMÉRCIO

Shoppings e centros comerciais com 40% da capacidade, das 12h às 20h.

INDÚSTRIA

Segue as regras dos feriados normais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

oito − dois =