O Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB) rejeitou nesta quarta-feira (18) o recurso impetrado pela defesa do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) contra a decisão dos conselheiros que julgou irregular a prestação de contas da gestão do socialista referentes a 2016.

O relator do recurso foi o conselheiro Antônio Gomes Vieira Filho, seguido pelos demais membros da corte. Para o Ministério Público de Contas, houve irregularidades cometidas na gestão estadual como a “persistência injustificada de codificados na estrutura administrativa do Estado”.

Com a recusa, Ricardo não tem mais a quem recorrer sobre esse processo junto ao TCE. O processo será encaminhado à Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB). Caberá ao legislativo decidir se aplica a punição de inelegibilidade ou não ao ex-governador.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

5 × 2 =