247 – Em um artigo publicado no jornal Folha de Pernambuco, o general Otávio Rêgo Barros, ex-porta-voz de Jair Bolsonaro, voltou a criticar o chefe do Executivo e afirmou que “o mentiroso uma hora cairá em contradição”. “É só esperar. Seu nariz de Pinóquio não poderá ser eternamente camuflado”, escreveu Barros.

Embora não cite o nome de Bolsonaro, o artigo critica os políticos que levam “seus clichês, suas mentiras, suas aleivosias para a televisão, internet, jornal e rádio” como sendo “verdades insofismáveis”.

Ainda segundo o militar, as instituições “não se amparam sozinhas. Tombam se não forem protegidas vigorosamente”. Para ele, é preciso que a sociedade “renuncie ao comodismo, não aceite a gratuidade da informação e conteste. Não seja manada humana dos sem opinião formada. É a sua capacidade de discernir fatos que imuniza a sua individualidade”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

4 × três =