A reconstrução do trecho da calçadinha que desabou no final da orla de Cabo Branco enfrenta atraso por problemas com as empresas que ganharam a licitação. Essa foi a justificativa dada pelo secretário de Gestão Governamental de João Pessoa, Diego Tavares, em entrevista ao programa Arapuan Verdade, na tarde desta terça-feira (21). Como acompanhou o ClickPB, o gestor reforçou o início das obras para os próximos meses.

“Tivemos problemas com as licitações públicas. Nessa reconstrução haverá um muro de arrimo de mais de 3 metros. Essa obra está orçada em mais de cinco milhões de reais. O atraso se deu já que a empresa ganhadora não conseguiu apresentar a capacidade técnica e a segunda não quis participar. Eles recorreram da decisão e estamos nos próximos dias dando solução para esse caso”, explicou.

A previsão é que as obras realizem a demolição do que restou e a colocação de rochas para a reconstrução, além do muro de arrimo. O desabamento da calçadinha foi registrado em março desse ano, quando trechos abriram crateras e bloquearam o uso do local, que segue interditado.

A área, além de ser um dos pontos turísticos, é bastante frequentada por atletas, que passaram a usar a via de asfalto, após a interdição.

O local segue interditado e com instalação de sinalizadores feita pela Semob e a Defesa Civil, para evitar que as pessoas se aproximem das áreas já afetadas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

4 × três =